ITAN é uma palavra yorubá que significa história, qualquer história; um conto. De um modo mais específico, itan são histórias do sistema nagô de consultas às divindades. Os Itans também são uma forma de resgate ancestral sobre a vida e a história dos orixás e entidades de religiões de matriz africana e indígena. Os Itans também foi uma grande forma de consultar fundamentos chave dessas religiões que foram passadas e se mantém vivo por gerações.

De onde viemos? Somos noves?
É nesse lugar que nasce o “Contos Ancestrais: Edição Transcestralidades”, para busca entender a transgeneridade a partir da diáspora yorubá, e colocar o público para refletir sobre o desconhecido e compreender a visão dos povos yorubás sobre gênero, em sua plena diversidade de realidades.

Buscamos alcançar pessoas transvestigeneres e pessoas cis interessadas em entrender a discussão de genero a partir a diáspora yorubá, a partir da conversa e discussão buscamos realizar conexões entre o publíco, e trocas de saberes.

Terá a participação da também fundadora do Projeto Transceda, Raphaella Gomez, travesti não binária, artista plástica, maquiadora e yawo de Oxumarê, junto com Vênuz Capel, transvestigenere não binarie, social media, produtore cultural e egbon de Osun. Também contaremos com um fotógrafo para registrar a atividade.

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar