O chamado dos últimos anos da política insurgente é claro: ocupemos. Se a ocupação se faz necessária, o bate-papo propõe que seja ocupado o céu, como cantam os velhos anarquistas. Ou, ainda, ocupar o espaço virtual, com narrativas de transformação social. A live questionará: como praticar artivismo no mundo pós-epidêmico? Ocupar segue sendo a palavra de ordem?
Participantes:
Martha Kiss Perrone (diretora teatral)
Julián Fuks (escritor)

Gravado em 1º de outubro, quinta-feira, às 11h

Tag(s): #Documentação

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar