O projeto tem como objetivo o mapeamento de escritoras(es) periféricos da Baixada Santista. Neste projeto, Bete Nagô faz, através de um chamamento, a união de um grupo de 13 poetas periféricos da região, produzindo uma instalação com um biombo de madeira, onde estão presentes essas artistas por meio de fotografias, minibiografias e um poema de cada.

Em um processo colaborativo, com uma equipe de artistas do circuito, além de uma convidada, construiu o biombo artesanalmente e produziu cartões-postais para a divulgação do trabalho das artistas, que agora ocupam a sala de leitura do LAB. Esse projeto continuado pretende ampliar o mapeamento e construiu um mapa digital que pode ser acessado por QR code e mostra a localização de cada artista participante.

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar