Foram realizadas duas performances nas quais as pessoas vendaram os olhos e foram guiadas por deficientes visuais pelas ruas de Santos e São Vicente. A ideia é promover e refletir sobre a violência cotidiana e a empatia. A documentação (fotos, vídeos e depoimentos) se tornou uma exposição na Estação da Cidadania, em Santos.

Marcha Cega: tive que vendar os olhos para enxergar a empatia

As pessoas caminharam pelo Gonzaga, partindo da Praça da Independência e também caminharam pela areia da praia, em fila, vendadas, uma tocando no ombro da outra, guiadas por uma pessoa com deficiência visual.

Iniciativa criada por:

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar