O Instituto Chegados coordenou uma série de ações de revitalização e a co-criação dos espaços externos da Escola Municipal Província de Okinawa, na Vila Margarida (São Vicente), junto aos moradores que residem no entorno da escola e seus próprios alunos. As ações previstas envolvem arquitetura, jardinagem, grafite e produção de conteúdo audiovisual sobre arte e reciclagem com personagens reais do território.

A comunidade sofria com um problema do descarte de lixo na frente da escola. Isso fazia com que a calçada ficasse ocupada com lixo, entulhos, móveis velhos. Outro problema era a ausência de um espaço para encontros e socialização das pessoas naquele território.

O instituto reúne então 38 grafiteiros de vários lugares da região e de outros estados com Rio de Janeiro e Minas Gerais, para realizar uma ação nos muros da escola. Também foram realizados plantio de mudas e revitalização dos canteiros, bem como uma praça de convivência. A ação acontecia aos finais de semana para possibilitar maior participação. A ideia é que as obras dos artistas tenham QR Code que remeta a história de cada artista grafiteiro.

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar