Com o objetivo de reconhecer e fortalecer o protagonismo estudantil e o debate por educação do movimento secundarista de 2015, foi realizada uma ocupação artística de dois dias na E.E Cleóbulo Amazonas em Santos-SP. A ação busca reviver a importância das ocupações de 2015, um contexto histórico na militância estudantil, quando mais de 200 escolas públicas foram ocupadas por estudantes no estado de São Paulo, que protestavam contra a proposta de reorganização do ensino que pretendia fechar 92 escolas e transferir mais de 300 mil alunos.

Transfinitos: das ocupações secundaristas para o infinito

A pergunta trazida pela organizadora do evento é: Como tornar o protagonismo estudantil parte da educação pública brasileira? Com música, intervenções artísticas, oficinas diversas de instrumentos e rima, e debates sobre o protagonismo estudantil, os jovens passaram um dia diferente no pátio da escola.

Circuito LABxS - Transfinitos

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar