Igô Ferreira escreve em ensaios as reverberações do mundo que há, refletindo em palavras as coisas que compreende caminhando, aprendendo a vida por outras vias, lançando novos imaginários a se imaginar, trazendo  a dureza e a grandeza de se viver do lado de cá, na margem, na periferia, na viela da cidade, projetando-se ao devir.

Tag(s): #Programação LAB Procomum

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar