Em tempos de polarização política, discursos de ódio e de incitação à violência têm tomado a cena dos noticiários e das redes sociais, alterando a maneira como nos relacionamos e interagimos com nossos cotidianos.
Em reportagem recente do Jornal A Tribuna, três das quatro cidades do Litoral Sul estão entre as dez mais violentas do Estado de São Paulo.
Na Baixada Santista, o número de homicídios dolosos (intencionais) subiu 15,7% nos cinco primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2017.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), uma mulher sofre algum tipo de violência sexual a cada 16 horas em uma das nove cidades da região.
Qual seria então a relação dessas estatísticas com o tipo de cidade que temos produzido? De que maneira poderíamos compor novos arranjos, soluções comunitárias que possam nos ajudar a tornar a cidade menos assustadora ao passo que tornem nossas ruas e nossos bairros mais acolhedores e mais receptivos?
Convidamos você para para um brainstorming coletivo com artistas, viventes, profissionais, ativistas, estudantes (e quem mais quiser), para estar conosco na terça-feira, 23/10, às 19h, na sede do LABxS (Rua Sete de Setembro, 52. Santos-SP) para pensarmos juntos sobre políticas autônomas e criativas que tenham enquanto pressupostos a diminuição dos índices de violência no contexto urbano.
A atividade é aberta, gratuita e não exige inscrição prévia.

Tag(s): #Programação LAB Procomum

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar