As artistas produziram lambe-lambes a partir de aplicações gráficas no material da fotografa e ativista Bete Nago. A intervenção foi a colagem espaços comuns do Lab , banheiro, horta e corredor, em uma ação performática na qual cobriram o rosto, cantaram e dançaram visando evidenciar questões políticas e avivar a memória da luta de mulheres da Baixada Santista.

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar