Tempo verbal 2: O futuro do pretérito

5 de junho, 11 am UTC -3

O futuro do pretérito do indicativo se refere a um fato que poderia ter acontecido posteriormente a uma situação passada. É utilizado para indicar uma ação que é consequente de outra, encontrando-se condicionada. Expressa também incerteza, surpresa e indignação.

Laboratórios de impressão digital e produção compartilhada – os “maker labs” da indústria 4.0 – de diferentes partes do continente conseguiram produzir e abastecer centros de saúde em suas regiões. Além disso, dezenas de sistemas de informação foram criados e compartilhados por hackers e ativistas locais. Quanto de cuidado tem na tecnologia e quanto de tecnologia exige cuidado? Como isso se dará daqui pra frente?

A flexionar o verbo:

Rhal Ferreira

Homossexual se desconstruindo e se descobrindo como não binário. Casado há 4 anos com Rafael Oliveira e residindo com um mesmo há 5 anos. Ligado às questões de gênero e sexualidade desde a graduação quando participou do Gevive (Grupo de extensão e pesquisa em gênero e sexualidade), um grupo de gênero e sexualidade com uma proposta vivencial. Atuando com intervenções feitas no ambiente interno e externo da universidade. Realizando pesquisas sobre bullying homofóbico nas escolas da região metropolitana do Recife. Participando na escrita de artigos científicos acerca das questões de gênero e sexualidade aplicados ao contexto atual da nossa sociedade. Atuante agora em um laboratório de fabricação digital o Coletivo 3d, em Olinda, PE – Brasil, na função de sócio e psicomaker ( união da psicologia ao universo maker).

Cinthia Mendonça

Cinthia Mendonça é diretora da Silo – arte e latitude rural, uma ação que oferece residências artísticas e laboratórios de pesquisa, sendo um espaço de arte, ciência e tecnologia.. É artista da performance e pesquisadora, graduada em direção teatral na UFRJ e mestra em Artes Visuais pela mesma instituição. Atualmente cursa o doutorado em Práticas Artísticas Contemporâneas na UERJ. Possui experiência em trabalho transdisciplinar junto a comunidades rurais. É mentora do Laboratório de Innovación Ciudadana produzido pela SEGIB. Durante cinco anos foi gestora/fundadora da Nuvem – Estação Rural de Arte e Tecnologia, projeto que obteve patrocínios através das leis de incentivo à cultura.

Offray Vladimir Luna Cárdenas

Un aprendiz, docente, investigador y consultor. Usuario de software libre desde 1996. Se ha desempeñado como docente de tiempo completo de la Universidad Javeriana y catedrático de las Universidad Autónoma de Colombia (Maestría en Didáctica de las Ciencias), Universidad de Caldas (Maestría en Diseño y Creación) y tutor y jurado de tesis de pregrado y postgrado. Miembro fundador de HackBo, un hackerspace en Bogotá. – https://twitter.com/offrayLC/

Tag(s): #Desenvolvidos, #Documentação

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar