“Ateliê Vivo” foi um processo artístico com pessoas em situação de rua, catraieiros e mulheres da Associação de Cortiços do Centro. pessoas que tem uma forte atuação na região da Bacia do Mercado. Foram produzidas gravuras em relevo sobre madeira (xilogravura), fotos e poemas a partir da interação da artista com os participantes.

A proposta tem como objetivo a criação de um livro registrando a experiências chamado “Sentido Semelhante”, para presentear os participantes e distribuir às associações e escola do bairro. Para convidar os participantes a artista realizou diversas intervenções artísticas nas ruas do Mercado, espaço onde encontra e interage com o público-alvo do projeto. As ações foram planejadas a partir do mapa do território.

 

Iniciativa criada por:

Aline Benedito (FIXXA)

Tag(s): #Desenvolvidos

Visão geral

Login

Cadastrar-se

Os registros estão atualmente desativados.

Senha esquecida

Compartilhar